Música Espírita

Asas Soltas (Luiz Antônio Millecco)

Asas Soltas (Luiz Antônio Millecco)

Quando eu deixo a barulhada
Lá de fora
E penetro o labirinto
Que sou eu,
Deus me guia,
Asas soltas, vou-me embora,
Não conheço dia e hora,
Sigo em busca do que é meu.
E se tomo em minhas mãos
Os meus novelos
Desmanchando, desfazendo
Cada nó,
Que magia,
Que mistério tão profundo,
Sou igual a todo o mundo,
E ao mesmo tempo sou eu só.

Interprete: Luiz Antônio Millecco - CD: Canção de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *